Bem Vindo, visitante! [ Registe-se | Entrar




Postos SOS já estão a ser retirados das estradas nacionais

Blog 11/07/2011

Sinais de trânsito que indicam a proximidade de postos de SOS estão tapados com plástico preto.

Empresa promete repor material, renovado, em 2011 Estão a ser desmantelados os postos SOS das estradas nacionais. Os condutores estão a ficar, por isso, por sua conta e risco nos pedidos de socorro. Eis a explicação da Estradas de Portugal: “No cumprimento do estipulado no plano de renovação do Sistema de Emergência SOS estão a ser retirados os postos de SOS que já não estavam em funcionamento”, assume, por e-mail, fonte daquela empresa perante as perguntas formuladas pelo DN. Os sinais de trânsito que indicam a proximidade desse equipamento estão tapados com revestimento plástico negro.

A medida, que começou a ser posta em prática em Junho e foi divulgada pelo DN em primeira mão, está agora a ser duramente criticada pelo presidente da Associação dos Cidadãos Auto-Mobilizados (ACA-M). Para Manuel João Ramos, trata-se da “falta de fornecimento de um bem importante na relação de consumo dos automobilistas” para com as vias rodoviárias. “É mais um pormenor na vergonha das estradas portuguesas”, lamenta. Mais um protesto a juntar-se aos dos responsáveis pelas comissões de utentes dos itinerários principais e também aos responsáveis da protecção civil que alegam que não foram informados. Às perguntas do DN, cujas respostas chegam pelo correio electrónico, a empresa acrescenta que “os equipamentos agora retirados irão para abate e consequente reciclagem”. Sem mais detalhes. Manuel João Ramos critica, ainda a este propósito, o facto de Portugal não ter feito a transposição da directiva europeia, que estipula a auditoria de segurança rodoviária. “Se houvesse auditoria, um terço das estradas portuguesas era obrigatoriamente fechado ao tráfego. A título de exemplo, quase 70 por cento da sinalização está errada”, assevera. Ramos não esquece, a este propósito, que o Plano Nacional Rodoviário de 1998 tinha já previsto a existência de auditores, mas, “por falta de regulamentação, esse trabalho não é realizado. Assim sendo, ninguém pode ser responsabilizado pelas falhas graves nas estradas nacionais”. Reitera: “Tudo isto é uma vergonha, continuamos a fazer estradas faz-de-conta. A falta dos avisadores de SOS é mais uma gota num grande problema.” A empresa Estradas de Portugal volta a não dar qualquer detalhe sobre os postos ainda existentes à sua guarda. A concessionária apenas remete o DN para as respostas já dadas em Junho. Isto é, existem 153 avisadores SOS no IP6, IC1, IC33, IP8 e IP4 (curiosamente, itinerários que já foram total ou parcialmente “engolidos” por auto-estradas). Segundo a leitura do texto legal que a Estradas de Portugal faz do actual contrato de concessão, no qual só obriga a ter avisadores nas auto-estradas, a especialista em direito rodoviário, Maria Teresa Lume, já assumiu que é uma atitude “desresponsabilizadora das atribuições da empresa”, uma vez que esse equipamento (na grande maioria instalado nos anos 90) já vinha no contrato de concessão. In DN

Não há Tags

1232 total views, 1 today

  

Deixe o seu Comentário

  • OLX Carros

    por em 23/10/2011 - 5 Comentários

    Segundo o próprio, o OLX é a próxima geração de classificados gratuitos OLX online O OLX é utilizado em mais de 96 países em 40 línguas, foi fundado em Março de 2006, é gerida de forma privada e pretende, assim a de tudo, proporciona uma solução simples para as complicações associadas à venda, compra, comercialização, discussão, […]

  • CustoJusto Automóveis

    por em 23/10/2011 - 0 Comentários

    O Website Custo Justo é um espaço onde pode comprar e vender uma grande variedade de coisas. Poderá conseguir um valor justo para o que quer comprar, e conseguir preços justos para o que quer vender. Custo Justo .pt é um projecto da Custo Justo, Unipessoal, Lda, empresa portuguesa detida pela Schibsted Classified Media (SCM). Custo Justo

  • Auto Ocasiao

    por em 23/10/2011 - 0 Comentários

    O Ocasião é um jornal de classificados de Portugal que, desde 1995, é também publicado na Internet . O jornal possui 308 secções específicas dedicadas às mais diversas áreas, o jornal conta ainda com mais 2 cadernos especializados em veículos e imobiliária autocasiao “AutOcasião” e “ ImOcasião”.

  • Carros Baratos

    por em 25/10/2011 - 6 Comentários

    A crise está a alterar decisivamente os factores na escolha de carro novo, passando, em primeiro lugar, pelo preço e consumos baixos e só depois por outros como a estética, qualidade, conforto ou um motor com muitos cavalos de potência e performances alucinantes. De facto, mesmo que assim não fosse agora é uma realidade a […]

  • Carros e mais carros e… mais caros

    por em 12/01/2011 - 0 Comentários

    Carros e carros e caros e caros!! Portugal tem os alimentos e os hotéis mais baratos da Zona Euro. Em contrapartida, também tem o nível de riqueza por pessoa mais baixo. A excepção são os carros, que estão entre os mais caros dos 16 países da moeda única. O Eurostat não leva em linha de […]