Bem Vindo, visitante! [ Registe-se | Entrar




Oficinas Honestas… ou nem tanto

Blog 20/01/2012

Oficinas a preço do ouro

Todos os bens materiais acabam por se estragar ou avariar. O automóvel é um deles – quem tem carro, já o levou, de certeza, à oficina. A revista Proteste (ver link) organizou uma investigação feita por pessoas anónimas, que simularam e criaram avarias em diversos automóveis e visitaram 25 oficinas por todo o País pedindo que reparassem as avarias, quer existissem quer não. A maior parte chumbou na tarefa apresentada, algumas cobraram por reparações que acabaram por não se realizar e quase todas apresentaram preços surreais.

“-Quanto?!”

O preço é um elemento importante e crucial para a escolha de um serviço ou produto. Grande parte das oficinas visitadas neste estudo abusou nos preços. Em qualquer oficina, o consumidor fica mais limitado porque pode ter de pagar para que lhe façam o orçamento do arranjo. Como o carro tem de ser examinado para se poder descobrir a avaria, as oficinas têm tendência para cobrar ao consumidor o diagnóstico. A título de exemplo, refira-se que neste estudo dois carros tinham exactamente a mesma avaria e uma oficina cobrou 19,95 € e outra 191,35€ , quase dez vezes mais!

Peças e serviços fantasma

“As facturas, assim como a descrição feita quando levantámos o carro, permitiram detectar 3 oficinas que cobraram peças não substituídas ou serviços não realizados” conta uma das pessoas que esteve presente na investigação à revista Proteste. Certa oficina apresentou uma factura de um tubo de borracha, mas o mesmo não se encontrava substituído.

O facto de os “mecânicos” enganarem os clientes é um efeito da crise, tanto ambiental como financeira. O coitado do mecânico também tem de comer e, tendo em conta a concorrência, vê-se forçado a enganar os consumidores. E os consumidores, como não percebem nada de mecânica, acreditam cegamente no que lhes é dito e nos preços que lhes são apresentados.

Resumindo, sejam cuidadosos quanto à escolha da oficina! E peçam sempre um orçamento e as peças que foram substituídas…

 

Fonte: Proteste Janeiro de 2012
http://www.deco.proteste.pt/

Francisco Neves, Janeiro 2012

Não há Tags

2421 total views, 2 today

  

Deixe o seu Comentário

  • OLX Carros

    por em 23/10/2011 - 5 Comentários

    Segundo o próprio, o OLX é a próxima geração de classificados gratuitos OLX online O OLX é utilizado em mais de 96 países em 40 línguas, foi fundado em Março de 2006, é gerida de forma privada e pretende, assim a de tudo, proporciona uma solução simples para as complicações associadas à venda, compra, comercialização, discussão, […]

  • CustoJusto Automóveis

    por em 23/10/2011 - 0 Comentários

    O Website Custo Justo é um espaço onde pode comprar e vender uma grande variedade de coisas. Poderá conseguir um valor justo para o que quer comprar, e conseguir preços justos para o que quer vender. Custo Justo .pt é um projecto da Custo Justo, Unipessoal, Lda, empresa portuguesa detida pela Schibsted Classified Media (SCM). Custo Justo

  • Auto Ocasiao

    por em 23/10/2011 - 0 Comentários

    O Ocasião é um jornal de classificados de Portugal que, desde 1995, é também publicado na Internet . O jornal possui 308 secções específicas dedicadas às mais diversas áreas, o jornal conta ainda com mais 2 cadernos especializados em veículos e imobiliária autocasiao “AutOcasião” e “ ImOcasião”.

  • Carros Baratos

    por em 25/10/2011 - 6 Comentários

    A crise está a alterar decisivamente os factores na escolha de carro novo, passando, em primeiro lugar, pelo preço e consumos baixos e só depois por outros como a estética, qualidade, conforto ou um motor com muitos cavalos de potência e performances alucinantes. De facto, mesmo que assim não fosse agora é uma realidade a […]

  • Carros e mais carros e… mais caros

    por em 12/01/2011 - 0 Comentários

    Carros e carros e caros e caros!! Portugal tem os alimentos e os hotéis mais baratos da Zona Euro. Em contrapartida, também tem o nível de riqueza por pessoa mais baixo. A excepção são os carros, que estão entre os mais caros dos 16 países da moeda única. O Eurostat não leva em linha de […]